Linkedin Youtube
Mixpan

Quem suja o umbigo com farinha jamais sai do ramo

Quer ver os olhos do Renan Gonçalves da Rocha, o fundador da Mixpan, brilharem? É só perguntar pra ele como surgiu a ideia de criar a empresa. Antes mesmo de começar a responder, ele já abre um sorriso de orelha a orelha. E conta, todo orgulhoso, como foi o início dessa história de sucesso.

Mixpan
Renan Gonçalves da Rocha, o fundador da Mixpan ( Foto: divulgação)

Mas, pra entender por que o coração do Renan se enche de orgulho quando ele fala desse sonho que se tornou realidade é preciso viajar no tempo. Então, vamos voltar até a década de 1990. Venha comigo nessa viagem!

Como tudo começou

O Renan e a esposa, Sônia Costa Rocha, moraram nos Estados Unidos durante três anos. Em 1990, eles decidiram retornar ao Brasil. Quando chegaram aqui, compraram uma padaria.

Foi preciso muito trabalho e perseverança para ver o negócio prosperar. Renan aprendeu tudo o que podia sobre a arte da panificação. Durante cinco anos, atuou como padeiro. Fez pão, pão de queijo, torta, biscoito… Nesse período, ele constatou que “quem suja o umbigo com farinha jamais sai do ramo”, como ele mesmo costuma brincar.

E ele não saiu mesmo do ramo. Só que naquele momento, a visão do empreendedor falou mais alto e Renan traçou novos caminhos. Ele observou o mercado e percebeu que havia poucos fornecedores de matéria-prima para quem atuava no segmento. Decidiu, então, ser distribuidor de produtos para a panificação.

Arregaçou as mangas e foi em frente. Abriu uma fábrica de pré-misturas. Se você está se perguntando o que é isso, calma, eu te explico. É uma mistura praticamente pronta. Basta acrescentar a ela alguns poucos ingredientes e a receita está pronta.

Confira o passo a passo para preparar a receita de pão de queijo com a pré-mistura da Mixpan.

Na época, a fabricação de pré-misturas ainda era um negócio muito novo em Minas Gerais. Quase ninguém atuava nessa área. E menos gente ainda estava acostumada a usar a novidade. Renan teve coragem e estava certo de que iria dar tudo certo. Então, ele começou a fabricar a pré-mistura para pão de queijo, a Queimix.

Não foi fácil ser aceito no mercado. Os empresários do setor da panificação olhavam desconfiados para a novidade. É que eles tinham o hábito de trabalhar com a receita tradicional: separa cada ingrediente, mistura, tempera, dá forma e leva ao forno para assar.

O panificador olhava desconfiado para o pacotinho que já trazia a receita praticamente pronta. Ah, era bom demais pra ser verdade! Muitos pensavam assim. Renan teria que desbravar o mercado.

Tanto esforço, dedicação e empenho foram suficientes para virar essa chave. Os panificadores perceberam que a pré-mistura era uma realidade que mudaria a logística de produção e só traria benefícios. Deu certo. “Hoje, 99% das padarias trabalham com pré-misturas”, diz Renan.

De três para quase 200 colaboradores

Mixpan
Mixpan: empresa distribui produtos essenciais para a panificação ( Foto: divulgação)

A Mixpan começou com apenas três pessoas: Renan, a esposa e um funcionário. Esse tripé foi fundamental para dar vida ao projeto. E a coisa deu tão certo que, atualmente, a empresa conta com quase 200 colaboradores.

Do total de funcionários, cerca de 40, ou seja, 25% lidam diretamente com os alimentos. Eles são gerenciados por um profissional da área de Engenharia de Alimentos que observa tim tim por tim tim o cumprimento das práticas do bom manuseio dos produtos.

Se o pão de queijo foi o pioneiro na linha de produção da Mixpan, atualmente, ele divide os holofotes com muitos outros itens. Em 2013, a empresa montou uma nova sede e ampliou a linha de fabricação própria, que incluiu pré-misturas para bolos, biscoitos fritos, chipa, cremes, panetones, entre outros itens.

Atualmente, cerca de 90% do público da Mixpan é formado pelas padarias. Mas, a clientela foi além e a empresa atende lanchonetes, buffets e donas de casa.

Os produtos fabricados pela empresa facilitam muito a vida dos padeiros, confeiteiros e profissionais da área. Com as pré-misturas, eles gastam menos tempo no preparo das receitas e eliminam os riscos de perda de ingredientes. “A nossa missão é facilitar a vida do padeiro”, explica Renan.

Outra grande preocupação da Mixpan é dar todo o suporte para os clientes. A empresa tem 12 técnicos que vão até as padarias ou estabelecimentos parceiros para treinar os funcionários. O profissional aprende o passo a passo para trabalhar com as pré-misturas. A empresa tem ainda um centro técnico onde são ministrados cursos e treinamentos.

Distribuição

Além dos produtos de fabricação própria, a Mixpan também fornece uma grande linha de produtos essenciais para o funcionamento de uma padaria. Tem desde a farinha de trigo, que é um item indispensável, até fermento, coco, margarina e os acessórios utilizados pelo padeiro.

Todos os dias, são entregues, em média, 60 toneladas de mercadoria. A frota da empresa conta com 18 caminhões.

Planos e sonhos

Para ser grande e continuar crescendo é preciso estipular metas. E todos os anos elas são traçadas. Em 2021, o propósito da Mixpan foi ampliar o galpão da empresa em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. E o plano foi executado.

Para 2022, os objetivos são ainda mais ambiciosos. Renan pretende criar duas filiais no Norte e Sul de Minas. Também faz parte do projeto abrir uma fábrica de congelados, já que a tendência do mercado aponta para essa demanda.

E o grande sonho do empresário é fomentar ainda mais o empreendedorismo e possibilitar a geração de renda e trabalho. Por isso, ele quer também criar uma escola profissionalizante para padeiros e confeiteiros. A data ainda não foi estipulada. Mas, alguém duvida que esse sonho vai se tornar realidade em breve?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

# Posts Relacionados

Trabalhe Conosco